TRÂNSITO

Núcleo de Mecânicas alerta para problemas com bateria no inverno

Uma forma de prevenção é a revisão periódica e preventiva do veículo

Mal. Cândido Rondon
ATENÇÃO | 13/06/2018 16h30

Núcleo de Mecânicas alerta para problemas com bateria no inverno (Foto: Divulgação )

Com a chegada do inverno, os motoristas devem ficar ainda mais atentos à bateria do automóvel.  Nesse período, o motor de arranque exige mais energia da bateria para a partida e caso a capacidade de armazenamento não for suficiente, o veículo pode não funcionar ou surgir outros problemas.

Para conscientizar a comunidade sobre as possíveis panes elétricas, o Núcleo de Mecânicas e Autoelétricas alerta para a revisão periódica e preventiva do veículo no inverno.

“O índice médio de reposição de baterias é aproximadamente 20% maior no inverno do que em outras estações”, explica o coordenador do Núcleo de Mecânicas, Sergio Adams. 

O coordenador observa que uma das maneiras de identificar a vida útil da bateria e garantir que o alternador está realizando a recarga corretamente é um teste rápido que pode ser feito por um profissional especializado.

Outras dicas simples são: não deixar o rádio ligado quando o carro estiver desligado; em caso de trânsito lento dar preferência para o freio de mão (pisar no freio em marcha lenta, sucessivamente, exige mais da bateria) e ficar atento quando perceber luzes oscilando ou luz de advertência acesa no painel, mesmo com o motor em funcionamento.

Núcleo de Mecânicas e Autoelétricas

A campanha de conscientização é uma promoção da Mecânica Chumbaldo, Centro Automotivo Marechal, Mecânica Toninho, Kunicar, Retimax Retífica de Motores, Auto Elétrica João, Remogil, Stock Car Auto Center, Remokar, Harri Multimarcas, Auto Elétrica Tô Novo, Centro Automotivo Weiss, Auto Elétrica Dresch, Centro Automotivo Motor Tech, Mecânica Zequinha, Auto Mecânica Serginho, Mecânica Toninho e Rodar Ar-Condicionado Automotivo.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp