POLICIAL

Sargento da reserva atira contra a ex-mulher e comete suicídio em Marechal Rondon

Ela levou no mínimo quatro tiros e está em estado grave. O policial morreu no local

Mal. Cândido Rondon
Tragédia | 10/04/2018 19h25

Atualizado em 11/04/2018 13h13

A tragédia aconteceu na Rua Pernambuco, próximo a Unioeste (Foto: Cristine Kempp/AquiAgora.net )

O Sargento Gelmir Paula dos Santos, da reserva da Polícia Militar, atirou contra sua ex-mulher de 36 anos e depois cometeu suicídio, em Marechal Cândido Rondon. A tragédia aconteceu por volta das 19 horas na Rua Pernambuco, a cerca de duas quadras da Unioeste. 

Conforme informações de socorristas do Corpo de Bombeiros, a mulher, identificada como sendo Cristina Teresinha Scherner, levou no mínimo quatro tiros. Ela foi encaminhada consciente até o Hospital Rondon, onde recebe atendimento. O seu estado é considerado grave. 

A reportagem do AquiAgora.net apurou que a mulher se deslocava de moto para a aula do curso técnico de enfermagem no Colégio Ceretta, quando foi fechada pelo policial da reserva, que dirigia um automóvel. Testemunhas disseram que ela caiu na calçada e ele desembarcou, iniciando uma breve discussão. Logo depois Gelmir sacou de uma pistola 9mm, atirou contra a ex-mulher e em seguida disparou contra o próprio peito.  

A motivação do crime ainda é desconhecida. Contudo, o casal já tivera discussões anteriores por conta da separação, ocorrida há meses. 

O Sargento Gelmir atuou por muitos anos como policial militar na 2ª Cia de Marechal Cândido Rondon. Já aposentado, em 2016 ele foi um dos eleitos para compor o Conselho Tutelar no município.

Confira o vídeo abaixo, registrado pela reportagem do AquiAgora.net, logo após o crime. 


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp