Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014
TODAS AS NOTÍCIAS
Paraguai

PROCURADO 26/03/2013 16h07 | Atualizado em 26/03/2013 16h08

Maníaco da Cruz pode ter sido morto no Paraguai

A informação está sendo divulgada por diversos veículos de comunicação, mas ainda não foi confirmada

Descricao da Imagem

 A fuga de Dionathan Celestrino, conhecido por uma série de crimes brutais está preocupando moradores da região sul do pa&ia (Foto:Foto: Reprodução Internet)

  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente

Depois de uma série de notícias veiculadas sobre a possibilidade de que o criminoso Dionathan Celestrino, conhecido como "Maníaco da Cruz" estivesse circulando por municípios da região, nesta terça-feira (26) começou a ser ventilada a possibilidade dele ter sido morto no Paraguai.

Uma rádio de Dourados/MS recebeu esta informação via telefone. Porém, a polícia do Mato Grosso do Sul não confirma o fato, afirmando apenas que ele está foragido desde o dia 3 de março da UNEI - Unidade Educacional de Internação de Ponta Porã, na divisa do Brasil com o Paraguai.

Dionathan Celestrino ficou conhecido por uma série de crimes brutais na cidade de Rio Brilhante/MS. Ele deixou as vítimas todas em posição de crucificação. O rapaz que na época tinha 16 anos confessou à polícia ser o autor dos homicídios e disse que ele os cometia por julgar as pessoas como puras ou não. Àqueles que falavam sobre sua vida sexual e Dionathan não considerava puro, ele matava.

Nos últimos dias, diversas informações foram veiculadas em redes sociais e até em veículos de comunicação sobre a presença do mesmo em municípios do Oeste do Paraná.  Na sexta-feira (22), a Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon recebeu duas ligações de pessoas que teriam visto o “Maníaco da Cruz” pela cidade e que ele teria tentado atacar uma mulher.

No mesmo dia, a própria PM afirmou que as informações de que o "Maníaco da Cruz" estivesse na cidade não passavam de boato. Naquele mesmo dia ele teria sido visto em várias outras cidades do Paraná. O delegado de polícia de Marechal Cândido Rondon, Sérgio Alves, alertou a comunidade que é crime fazer alarde falso sobre determinada situação.

No decorrer dos dias, mais supostas aparições de Dionathan Celestrino ocorreram em diferentes estados. Em nenhuma delas há provas concretas da real presença do procurado. Agora surge a informação, também não confirmada, de que o jovem teria sido morto no Paraguai.


COMENTE ESTA NOTÍCIA

Para comentar é necessário estar logado.
Clique aqui para fazer login

Ao enviar seu recado você concorda com os Termos de Uso deste espaço.

  • Sejetel
  • Rondon Placas
  • Café com Pão
  • Princesa auto princesa
  • Casa da Sogra
  • Mimos
  • Hanauer
  • Unixerox
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente